Arquivo da tag: Nara

Bobo!

Sabe, o amor deixa qualquer coisa bonita, cheirosa, maculada e expressiva. Diga-me alguém, que vivenciando um amor, enxerga total escuridão! Isso mesmo! Não existe. Porque quando se ama, o ser abobece, sim, provavelmente este termo não exista, todavia sei que … Continuar lendo

Publicado em Base de raciocínio, Poema | Marcado com , | Deixe um comentário

Texto Metido a Bedelho

Texto Metido a Bedelho (Maickson Alves e Nara Aragão) Enquanto existe a esperança há vida… Enquanto existe a lida há a distância Distância esta que se faz próxima… Todo tempo longo torna-se curto ao término da jornada! E todo jornal … Continuar lendo

Publicado em Base de raciocínio, Crítica, Poema, Política | Marcado com , , | 2 Comentários