Bobo!

Sabe, o amor deixa qualquer coisa bonita, cheirosa, maculada e expressiva. Diga-me alguém, que vivenciando um amor, enxerga total escuridão! Isso mesmo! Não existe. Porque quando se ama, o ser abobece, sim, provavelmente este termo não exista, todavia sei que a todos se fez entender. O ser bobo sorri, mareja os olhos, brilhante, com uma lágrima boba também.

-Sortuda!-

_Maick Learning_

Anúncios
Esse post foi publicado em Base de raciocínio, Poema e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s