…Prova que há vida…

As vezes nos debruçamos sobre tantas ponderações, tantos conflitos, variações de humor, amor. Sentimos que quanto mais corremos mais estrada se inventa à frente, como fio de lã que não acaba no tear. É frequente pensar que não conseguiremos, não alcançaremos, não venceremos qualquer monstro de nosso futuro incerto. Mas porque essas auto-críticas que se rebelam sem qualquer estopim? Porque o espelho é um vilão tão meliante quando precisamos de respostas? Tenho pra mim, ser difícil de olhar para “fora” quando o “dentro” está inseguro sobre suas limitações.

Já teve vontade de matar sua personalidade e escolher outra num varal de personalidades? Quem nunca teve, afinal? O maior gênio, ou a persona mais feliz desse mundo já teve algum momento de repúdia e desolação, já teve dor de cabeça, topou com o dedão na quina, ou bebeu leite azedo… Quero que entendamos que as tristezas e incompreensões são ambas sobrenomes de VIDA, e que se não existissem, por conseguinte, a vida seria inexata!

Qual minha proposta para mudar este estado que tanto nos definha e entristece?… Não a

 tenho! Caso tivesse resposta sobre essa variável sem escalas estaria mais do que rico, viajando para “Bem Longe da Tristeza”. O ser humano é repleto de falhas, de incapacidades que nem mesmo tem tento e conhecimento, contudo ele é belo com seus defeitinhos, e se demonstra assim, “defeitando” por ai. Não há nada de errado em se sentir sem rumo, sem motivação ou sem coragem… somos assim! Isso prova que você procura respostas, e essa é a maior vitória conquistável.

Vezes mil, eu mesmo me surpreendo querendo mais de mim, me achando o maior idiota e desprestigiado palhaço da trupe! Mas as dores passam, as cortinas se abrem, a coragem volta… e o nariz – vermelho e redondo – nunca se deixa cair!

Fragmentos deste texto são dedicados a uma pessoa em especial na minha vida!

                                                                                                            _Maickson Alves_ 

Anúncios
Esse post foi publicado em Base de raciocínio, Freico Nordon. Bookmark o link permanente.

6 respostas para …Prova que há vida…

  1. Simplesmente Amei o post .. Beijinhus ..

    • freiconordon disse:

      Muito grato, moça!!! Obrigado por ler o mero aspirante a escritor aqui^^ Volte sempre!!!

      Mais uma vez: obrigado pelo comentário!!!

      *-*

  2. Nara Aragão disse:

    Nossa, Ma!! Quanta sensibilidade, sentimento, sinceridade… Tá lindo, emocionante, me vi em várias passagens ai descritas…
    Parabéns pelo lindo dom…
    Um beijo e um abração!!
    só mais uma vez: Dankin pela oportunidade de ver mais um lindo texto… e que o nariz de palhaço se mantenha sobre nossa face e faça quem ficar ao nosso lado sorrir… A tristeza é uma velhinha rancorosa e triste que só precisa de carinho, atenção e um pouco de brincadeira… Estamos nessa luta…
    DANKIN!!
    *.*

    ps.: desistir jamais…

    • freiconordon disse:

      “A tristeza é uma velhinha rancorosa e triste que só precisa de carinho, atenção e um pouco de brincadeira” – Gostei dessa definição… Sei q muitas vezes essa Velhinha toma o nosso tempo, nossa cabeça e nossa casa, pra passar umas férias de longa data, mas no final das contas ela sempre se cansa e vai embora…

      Escrevi esse texto pra vc, porque sabia que alguns desses sentimentos estavam presentes em vc, e sei como são ruins e requerentes de alguma palavra amiga e de consolação.

      Te adoro, Na!

      😛

  3. lucas disse:

    lindo…
    fascinante…
    ñ tenho mais o q dizer ‘

    • freiconordon disse:

      Muito obrigado pelo sentimento empregado ao comentário!!! =) Fico muito feliz em poder proporcionar e entreter com palavras tão poucas e sinceras!!!

      Muito obrigado por ler!!!

      Volte sempre q puder!!! *-*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s