Texto Metido a Bedelho

Texto Metido a Bedelho

(Maickson Alves e Nara Aragão)

Enquanto existe a esperança há vida…

Enquanto existe a lida há a distância

Distância esta que se faz próxima…

Todo tempo longo torna-se curto ao término da jornada!

E todo jornal torna-se longo ao final dos classificados,

finados e intervenções políticas.

Toda mítica do tempo está no jornal.

Preste atenção nas letras, nas informações 

Salto alto é notícia em revista de fofocas

Que enfoca a distância entre a realidade e a futilidade.

Minha idade tende a ignorar tais fatos.

mas minha boca é vista em fofocas

A tensão essa que fica na má interpretação dos fatos;

em atos inseguros pode-se destruir uma vida – inclusive a própria vida!

Mas, enquanto há vida existe a esperança!

1

2

3

4

5

6PS: Texto produzido em parceria com a inspiradora Nara Aragão, que aceitou participar dessa segunda brincadeira poética ( Segundo ela: “Um poema de 4 mãos”). 

Anúncios
Esse post foi publicado em Base de raciocínio, Crítica, Poema, Política e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Texto Metido a Bedelho

  1. Joyce Martins disse:

    Ótimo seu espaço. Nunca deixe essa chama apagar. Viva a poesia.

    Meus parabéns!

    • freiconordon disse:

      Fico mega feliz em ler isso!!! Pode deixar, não colocarei na estante essa minha vontade incessante de escrever, criar… ainda mais com pessoas me impulsionando a isso!!! *-* Grato!!! Muito feliz!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s